Inicio / ACTUALIDAD / Município de Lima: estes são os 5 restaurantes no centro de Lima que foram fechados por insalubre e inseguro

Município de Lima: estes são os 5 restaurantes no centro de Lima que foram fechados por insalubre e inseguro

Como parte das ações realizadas para a Semana Santa no Centro Histórico, o O município de Lima fechou cinco restaurantes que operavam em condições insalubres e não cumpriam as normas de segurança.

Lembre-se de que alimentos estragados podem ser transmissores de doenças graves, como: hepatite, salmonela ou infecções estomacais.

Por isso, a equipe de Inspeção, Saúde e Gerenciamento de Riscos de Desastres inspecionou esses negócios, que ofereciam cebiche entre seus pratos principais, e detectou a presença de baratas e excrementos de roedores, além de frutas em estado de decomposição, entre os alimentos preparados para consumo por clientes.

Lojas sancionadas por não terem ótimas condições de higiene são Big Brothers, Cordon Blue, El Rincón de Olaya e Ellen’s House. Enquanto isso, as instalações sob o nome comercial Hellen House foram fechadas porque não tinha medidas de segurança adequadas em vigor.

Por essas ofensas graves, o prefeito iniciou um processo administrativo sancionatório contra essas empresas e impôs uma multa de 2 UIT (unidade tributária), equivalente a S/9.200. Além disso, ordenou seu fechamento até que a conduta infratora seja regularizada.

O Município de Lima insta os proprietários desses estabelecimentos a cumprir os padrões de saúde e segurança estabelecidos, a fim de evitar sanções. Além disso, ele anunciou que essas operações continuarão durante a Semana Santa.

MUNICÍPIO DE LIMA COLETA 450 TONELADAS DE RESÍDUOS SÓLIDOS

Para manter as ruas limpas, seguras e recuperar os espaços públicos, o Município de Lima administrou uma campanha de coleta na qual também participaram os distritos de La Victoria e El Agustino.

Em nota, o Município de Lima informou à comunidade que 450 toneladas de resíduos sólidos foram coletadas após operações interdistritais durante o mês de março, no Cercado de Lima como parte das ações para liberar espaços públicos na capital.

A comuna metropolitana explicou nesse documento que um total de 453,5 toneladas de resíduos sólidos foram coletados após nove dias de coleta nas diferentes áreas do distrito, como as avenidas Nicolás Ayllón, Aviación, 28 de Julio, Grau e Pacasmayo, bem como Huancavelica, Huarochirí, Ascope, Acomayo, Garcia Villón, Cárcamo, Junín e Manuel Telleria.

Nesses espaços, 30 funcionários da casa municipal coletaram madeira, móveis, cadeiras, mesas, papelão, plásticos, resíduos de construção, entre outros.

Muitas dessas ações foram realizadas graças à gestão e coordenação com os municípios dos distritos de La Victoria e El Agustino, alinhados com os objetivos do desenvolvimento sustentável.

Recolección de materiales sólidos para recuperar principales avenidas del centro de Lima.
Recolección de materiales sólidos para recuperar principales avenidas del centro de Lima.

Minicarregadeiras, caminhões laterais, caminhões basculantes, um navio-tanque e um caminhão compacto foram usados para realizar o trabalho. Além disso, o pessoal responsável usou corretamente o equipamento de proteção, que inclui luvas, macacão, capacete, máscara ou máscara e calçados de segurança.

Diante disso, os habitantes desses distritos foram a favor das medidas tomadas pelo município, uma vez que esses resíduos trouxeram a presença de roedores e as pessoas aproveitaram para deixar lixo nos cantos das principais avenidas. É por isso que apoiaram a ação e solicitaram que este trabalho também fosse em conjunto com as serenatas para proteger as ruas do crescimento de roubos e assaltos.

CONTINUE LENDO

también puedes leer

Secretaría de Salud Jalisco informó del posible primer caso de hepatitis infantil aguda

La menor se encuentra hospitalizada (Foto: especial) La Secretaría de Salud de Jalisco (SSJ) notificó …

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *